Adulto ou Criança

por

por Sandra Lemos | Psicanalista e Psicoembrióloga

Como está a criança no meio da confusão?
Como está a criança que adora uma ilusão?
Como está a criança resistente à frustração?
Como está a criança com tanta revolução?

Esta alma de criança, necessita de atenção.
Pois a vivência do adulto, acalma seu coração.
Aquele que com carinho e doçura, segura sua mão.
Quando vê esta criança, se enche de emoção.

Se prende ao olhar da criança e a convida para ação.
E juntos nesta jornada partem pra transformação.
A vivacidade da criança traz alegria e prazer.
O adulto a ela se integra e sabe o que fazer.

Os dois unidos agora, caminham na realização
Guardando um pouco da ilusão.
Vê necessária a frustração,
Aprende e faz com inovação.

Mas agora sem confusão,
Impõe uma condição.
Vamos usar a razão.
Sem esquecer da emoção.

Neste momento a criança
Sente-se forte e feliz.
Olha nos olhos do adulto e diz:
-isto foi sempre o que eu quis!

Neste momento de entrega
A vida se encarrega…
A criança delega…
E o adulto carrega.

Leva consigo o porvir.
A alegria de poder ir.
Tendo a força como motriz,
Sem esquecer sua matriz.

Agora esta criança, tão completa e feliz…
Irá contribuir com outras
Que ainda estão por aí,
A seguir sua própria diretriz.

Como é linda esta criança…
Que trás no olhar a esperança….
Convidando todo adulto…
A olhar sua criança.

O QUE ACHOU DA POSTAGEM?

    últimas postagens

    A base de tudo

    por Equipe IBCP Psicanálise
    Há muitos séculos, estudiosos já mencionavam em seus escritos, a existência de uma considerável movimentação do bebê dentro do ventre materno e uma possível ligação emocional entre ambos, mãe e filho. Essas observações, a princípio intrigantes e objeto de interesse por muitos pesquisadores nos tempos seguintes, teve sua comprovação somente por volta do século XIX […]
    Leia mais+

    A Fadiga do Retorno

    por Roseana Coelho / Psicanalista
    A recente retomada das atividades presenciais tem causado vários efeitos psíquicos, dentre eles ansiedade e especialmente cansaço. Em 2020 foi preciso uma adaptação rápida, sem preparo, para uma situação não vivenciada antes, de enclausuramento, distância da vida do modo que era conhecida e um estado de alerta constante. Agora, dois anos depois, é preciso retomar, […]
    Leia mais+
    LEIA TODAS AS POSTAGENS