Bem Vindo 2016

por

A passagem de ano, comemorada com o ritual da contagem regressiva, simboliza um nascimento. E como em todo nascimento, as esperanças, expectativas e desejos de mudanças se renovam. Com votos e promessas se inicia o ano. “Este ano mudarei minha alimentação, iniciarei uma atividade física, mudarei de emprego, farei aquele curso que estou adiando …”

Mas a cada ano se acumulam as promessas. E as tão desejadas mudanças vão ocupando segundo plano ou mesmo são esquecidas ao longo do ano, para serem revisitadas ao final dele, com a renovação das promessas.

Um nascimento exige mudanças no momento em que acontece. Um bebê humano, por exemplo, necessita modificar drasticamente o seu sistema respiratório assim que sai do mundo aquático uterino e ganha o mundo aéreo. Onde passava liquido começa a passar ar.

Vamos imaginar este bebê acumulando promessas de mudança durante os meses em que é gestado, porém sem investir na organização funcional que deverá acontecer assim que nascer. De que serviriam as promessas na hora do nascimento?

É necessário coragem e organização para nascer!

Livrar-se das coisas que para nada servem. Arrumar as gavetas, os armários e livrar-se do que não tem utilidade. A toalha em cima da cama, o sapato fora do lugar, o abraço de aniversário esquecido … são os nossos lixos emocionais que se transformam em doença.

Agir com o coração e dar o primeiro passo rumo ao que se deseja.

Renascer é um processo que acontece em todos nós, todos os anos, semanas, dias e minutos. Quando as experiências em nossas vidas nos fazem descobrir a real importância das coisas e passamos a valorizar o que realmente faz sentido. A vida que vale a pena ser vivida.

Só assim podemos deixar para traz as ideias e as crenças limitadoras acumuladas ao longo do tempo e abraçar Novas Possibilidades e Novas Realizações!

Bem vindo 2016!

O QUE ACHOU DA POSTAGEM?

    últimas postagens

    A base de tudo

    por Equipe IBCP Psicanálise
    Há muitos séculos, estudiosos já mencionavam em seus escritos, a existência de uma considerável movimentação do bebê dentro do ventre materno e uma possível ligação emocional entre ambos, mãe e filho. Essas observações, a princípio intrigantes e objeto de interesse por muitos pesquisadores nos tempos seguintes, teve sua comprovação somente por volta do século XIX […]
    Leia mais+

    A Fadiga do Retorno

    por Roseana Coelho / Psicanalista
    A recente retomada das atividades presenciais tem causado vários efeitos psíquicos, dentre eles ansiedade e especialmente cansaço. Em 2020 foi preciso uma adaptação rápida, sem preparo, para uma situação não vivenciada antes, de enclausuramento, distância da vida do modo que era conhecida e um estado de alerta constante. Agora, dois anos depois, é preciso retomar, […]
    Leia mais+
    LEIA TODAS AS POSTAGENS