Um ciclo vicioso – Inveja e auto piedade

por

por Iara Solange | Psicanalista

Inveja e auto piedade são sentimentos que, em algumas ocasiões, podem estar tão misturados que se torna uma tarefa árdua reconhecê-los separadamente.

Aquele que não consegue enxergar as próprias capacidades, qualidades e virtudes pode voltar seu olhar para aquilo que é de pertencimento do outro e, a partir daí, vir a ter uma sensação de impotência e inferioridade.

Trata-se de uma visão deturpada que, ao longo do tempo, pode fazer com que a pessoa fique estagnada na vida e comece a sentir dó de si mesmo.

Na tentativa de amenizar sua dor diante da sua suposta incapacidade, e tomada pela inveja, talvez ela tente invalidar ou prejudicar as realizações e feitos daquele que se tornou seu alvo.

Presa na auto piedade, ela não encontra energia suficiente para planejar, agir e realizar, e dar início a um novo ciclo, do qual não consegue sair.

É um processo doloroso e destrutivo pois o papel de vítima da situação não permite que a pessoa perceba o grau de responsabilidade sobre suas próprias escolhas.

Essa percepção é de grande importância para que se tenha a possibilidade de interromper esse ciclo vicioso.

A psicanálise pode trazer um grande auxílio nessa direção, ao possibilitar que emoções e sentimentos sejam percebidos com mais clareza.

A partir do exercício da sua própria vontade, escolhas conscientes podem ser feitas, pautadas na percepção de potenciais, até então ignorados.

Buscar saúde e equilíbrio mental é um dos caminhos para melhoria na qualidade de vida.

O QUE ACHOU DA POSTAGEM?

    últimas postagens

    A base de tudo

    por Equipe IBCP Psicanálise
    Há muitos séculos, estudiosos já mencionavam em seus escritos, a existência de uma considerável movimentação do bebê dentro do ventre materno e uma possível ligação emocional entre ambos, mãe e filho. Essas observações, a princípio intrigantes e objeto de interesse por muitos pesquisadores nos tempos seguintes, teve sua comprovação somente por volta do século XIX […]
    Leia mais+

    A Fadiga do Retorno

    por Roseana Coelho / Psicanalista
    A recente retomada das atividades presenciais tem causado vários efeitos psíquicos, dentre eles ansiedade e especialmente cansaço. Em 2020 foi preciso uma adaptação rápida, sem preparo, para uma situação não vivenciada antes, de enclausuramento, distância da vida do modo que era conhecida e um estado de alerta constante. Agora, dois anos depois, é preciso retomar, […]
    Leia mais+
    LEIA TODAS AS POSTAGENS