Vivendo em um mundo de “fake news” e falácia

por

por Wilson Garcia | Psicanalista

Todo ser humano quer viver em um mundo melhor, e, para a construção de um mundo melhor, deve haver muito trabalho e a presença de valores éticos, e um deles está sendo ameaçado, a verdade. O mundo padece da falta deste valor que em alguma área ou segmento da sociedade, o lugar da verdade se perdeu. 

Um exemplo são as redes sociais que estão contaminadas pelas fake news, termo inglês que é utilizado para referir-se à divulgação de informações falsas. O assombroso disso tudo é que a sociedade meramente comenta se a notícia é fake ou não, nem sempre dando o devido destaque à indignação em relação à falta de verdade, que passa despercebida, e, de forma preocupante, vai fazendo parte do pano de fundo de uma coletividade ferida.

Outro fator a ser considerado são os vários tipos de falácia, argumento logicamente incoerente, sem fundamento, utilizado na tentativa de provar o que se alega, e que tem o objetivo de enganar os mais desavisados. Estamos em tempos cujas falácias e fake news vão tomando cada vez mais corpo em nossa sociedade, contaminando os lares, os meios de comunicação e as redes sociais. Desta maneira, grande parte das crianças e jovens vão crescendo e recebendo essa carga de informações. Parecem alheios ao fato de que as fake news não só podem prejudicar como retardar o desenvolvimento da sociedade, transformando-a em um vírus letal, uma verdadeira pandemia de desinformação, que anestesia as pessoas e impede a construção de um mundo melhor. 

Há momentos, quase de uma competição, na velocidade em propagar notícias sem ter a certificação da veracidade e em movimento voluntário e com dedos rápidos encaminham a pseudo verdade para o próximo grupo.

O Ser humano desde o momento em que acorda até o momento de dormir é pautado por escolhas e cada escolha reflete uma consequência. O mesmo acontece  nas questões das falácias e fake news, ao se fazer escolhas quando do disparo de cada mensagem na rede social e esta escolha também impacta nas consequências da desinformação diante da sociedade.

A idealização de um mundo melhor alimenta esperança nas pessoas, mas não deve ser esquecido que a verdade é um item primordial na argamassa que constrói uma base sólidas para uma nação próspera.

O QUE ACHOU DA POSTAGEM?

    últimas postagens

    A base de tudo

    por Equipe IBCP Psicanálise
    Há muitos séculos, estudiosos já mencionavam em seus escritos, a existência de uma considerável movimentação do bebê dentro do ventre materno e uma possível ligação emocional entre ambos, mãe e filho. Essas observações, a princípio intrigantes e objeto de interesse por muitos pesquisadores nos tempos seguintes, teve sua comprovação somente por volta do século XIX […]
    Leia mais+

    A Fadiga do Retorno

    por Roseana Coelho / Psicanalista
    A recente retomada das atividades presenciais tem causado vários efeitos psíquicos, dentre eles ansiedade e especialmente cansaço. Em 2020 foi preciso uma adaptação rápida, sem preparo, para uma situação não vivenciada antes, de enclausuramento, distância da vida do modo que era conhecida e um estado de alerta constante. Agora, dois anos depois, é preciso retomar, […]
    Leia mais+
    LEIA TODAS AS POSTAGENS