A mente humana nos tempos de COVID 19

por

por Jucimara Miotto | Psicanalista

Desde os primórdios o homem é colocado à prova sobre o modo como se relaciona com o meio ambiente, com o seu futuro e suas lutas. Semelhantemente a Terra, em seu ciclo natural, passou por várias doenças e tribulações e, ao final de todo o processo, observou-se uma transformação na humanidade quanto ao seu olhar para o outro e a sua forma de encarar a vida.

Em seus estudos sobre a Histeria e seus efeitos sobre as pessoas, Freud, como um bom observador da mente humana, percebeu que esta é um agente propagador tanto do bem estar, quanto da preocupação e até mesmo de uma doença, por estar ligada ao indivíduo e ao seu inconsciente.

Assim, tranquilizar-se, descansar os olhos e ouvidos também fortalecem o sistema imunológico. Sendo assim, é preciso transformar os pensamentos, desligando-se do pavor, do medo e daquilo que pode contribuir para o processo de ansiedade.

A história da humanidade sempre trouxe aprendizados e está posta como testemunha da superação humana; mostrando que o querer controlar determinadas situações, seja ela qual for, nunca beneficiou ninguém. Ao contrário, trouxe ansiedade e caos interno.

Por isso, no futuro haverá relatos que evidenciarão as atitudes que, em tempos difíceis, fizeram a diferença. Portanto, se não puder ser um agente da história coletiva, seja agente da sua própria história. Nisto está a Psicanálise! Agora é a hora!

O QUE ACHOU DA POSTAGEM?

    últimas postagens

    A base de tudo

    por Equipe IBCP Psicanálise
    Há muitos séculos, estudiosos já mencionavam em seus escritos, a existência de uma considerável movimentação do bebê dentro do ventre materno e uma possível ligação emocional entre ambos, mãe e filho. Essas observações, a princípio intrigantes e objeto de interesse por muitos pesquisadores nos tempos seguintes, teve sua comprovação somente por volta do século XIX […]
    Leia mais+

    A Fadiga do Retorno

    por Roseana Coelho / Psicanalista
    A recente retomada das atividades presenciais tem causado vários efeitos psíquicos, dentre eles ansiedade e especialmente cansaço. Em 2020 foi preciso uma adaptação rápida, sem preparo, para uma situação não vivenciada antes, de enclausuramento, distância da vida do modo que era conhecida e um estado de alerta constante. Agora, dois anos depois, é preciso retomar, […]
    Leia mais+
    LEIA TODAS AS POSTAGENS