O que é Análise, afinal?

por

por Stella Santos | Psicanalista e Psicoembrióloga

Fazer análise faz um bem enorme para a sua vida e para as que virão através de você. Ela trabalha desde a mais simples a mais complexa questão, como traumas escondidos tão profundamente que acabam norteando a sua vida inteira.

Imagina que você herda dos seus pais uma casa linda que eles herdaram dos pais deles, cheia de cômodos, um jardim cheio de flores coloridas, mas na casa tem um porão escuro, cheio de mofo, rachaduras, móveis velhos, livros, revistas, jornais muito antigos. Muita poeira e infiltrações pelas paredes.

O que você faz? Arruma alguém para fazer uma limpeza e selecionar o que dá para usar daquilo que não dá para ser usado! Mas é o outro quem vai saber o que é importante ou não é para você?! Ou simplesmente você ignora tudo e se muda?!

Mudar sem fazer essa reforma, seria levar com você todos os eventos que te precederam e ampliar tudo o que está no porão para o restante da casa.

O tratamento psicanalítico fortalece o indivíduo, para fazer a reforma e a faxina interna e colocar cada coisa em seu lugar. Possibilitando o reconhecimento consciente do que pode ser útil rompendo barreiras e abrindo espaço para o novo.

Assim, quando você passar esta casa linda para os seus filhos o porão estará transformado, podendo trazer novas possibilidades através de novas escolhas.

O QUE ACHOU DA POSTAGEM?

    últimas postagens

    A base de tudo

    por Equipe IBCP Psicanálise
    Há muitos séculos, estudiosos já mencionavam em seus escritos, a existência de uma considerável movimentação do bebê dentro do ventre materno e uma possível ligação emocional entre ambos, mãe e filho. Essas observações, a princípio intrigantes e objeto de interesse por muitos pesquisadores nos tempos seguintes, teve sua comprovação somente por volta do século XIX […]
    Leia mais+

    A Fadiga do Retorno

    por Roseana Coelho / Psicanalista
    A recente retomada das atividades presenciais tem causado vários efeitos psíquicos, dentre eles ansiedade e especialmente cansaço. Em 2020 foi preciso uma adaptação rápida, sem preparo, para uma situação não vivenciada antes, de enclausuramento, distância da vida do modo que era conhecida e um estado de alerta constante. Agora, dois anos depois, é preciso retomar, […]
    Leia mais+
    LEIA TODAS AS POSTAGENS