Um olhar para saúde emocional da 3ª idade

por

por Leila Mansini | Psicanalista

Apesar dessa situação atual, provocada pela pandemia do coronavirus, ser encarada por cada pessoa de forma diferente, não é novidade que ela tem afetado o olhar sobre a vida e impactado a saúde emocional da população.

Este novo momento, em que a humanidade está vivendo, fez muitos adiarem projetos e planos, como aquela viagem tão esperada, a festa dos sonhos, de aniversário ou casamento, uma mudança de trabalho ou uma carreira interrompida por não poder progredir. Tudo isso sem deixar de mencionar os relacionamentos que não deram conta tanto da convivência contínua quanto da falta dela.

Expressões do momento como Grupo de Risco, Comorbidade, Isolamento Social, tem reverberado de forma mais intensa naqueles que já passaram dos 60 anos, fazendo-os sentirem, com mais intensidade e medo, as transformações em suas vidas por conta das medidas preventivas.

Além disso, é real, para muitos, o medo da contaminação pessoal, da morte, da perda de pessoas queridas, da solidão ou da escassez de recursos. Sentimentos que geram muita ansiedade e incerteza sobre o futuro, este que parece bem mais próximo daqueles que estão vivendo a maturidade.

Diante desse cenário de tantas mudanças e incertezas, pode-se dizer que todas as pessoas estão vivenciando alguma fase emocional, e o cuidado com a saúde mental torna-se fundamental neste período, inclusive para os considerados da 3ª. Idade, essa faixa etária que vê uma pausa de 6 meses ou um ano tempo demais para se desperdiçar. Por isso é importante lembrar que isolamento social não é isolamento emocional e que esse grupo precisa ser acolhido, amado e assistido.

Nesse sentido, o IBCP –  Psicanálise, também se faz presente para ouvir esse grupo, contribuindo para que aprendam novas formas de se auto conhecer, de se relacionar com o outro e com o mundo. Certamente, essas pessoas, também, se tornarão mais fortes com esta experiência.

O QUE ACHOU DA POSTAGEM?

    últimas postagens

    A base de tudo

    por Equipe IBCP Psicanálise
    Há muitos séculos, estudiosos já mencionavam em seus escritos, a existência de uma considerável movimentação do bebê dentro do ventre materno e uma possível ligação emocional entre ambos, mãe e filho. Essas observações, a princípio intrigantes e objeto de interesse por muitos pesquisadores nos tempos seguintes, teve sua comprovação somente por volta do século XIX […]
    Leia mais+

    A Fadiga do Retorno

    por Roseana Coelho / Psicanalista
    A recente retomada das atividades presenciais tem causado vários efeitos psíquicos, dentre eles ansiedade e especialmente cansaço. Em 2020 foi preciso uma adaptação rápida, sem preparo, para uma situação não vivenciada antes, de enclausuramento, distância da vida do modo que era conhecida e um estado de alerta constante. Agora, dois anos depois, é preciso retomar, […]
    Leia mais+
    LEIA TODAS AS POSTAGENS